0

CRIAÇÃO, INTERPRETAÇÃO E EXPERIÊNCIA I

OLÁ!

Tudo bem? Eu espero que sim! Comigo está tudo ótimo, graças a Deus!

Hoje vim postar parte de um trabalho que fiz para uma matéria da faculdade.

Se você não sabia: eu estudo letras (inglês/literaturas):D Na Universidade do Estado do Rio de Janeiro – a UERJ.. (Se você já sabia… a informação continua a mesma. hehe) então.. se você se interessa por literatura, pode ler minha interpretação do canto XI da Odisseia.

Se você não é da área, espero que aprenda algo e, quem sabe, até se interesse em ler o livro. É muito bom!

Você pode, também, assistir o filme no Youtube.

Continuar lendo

0

DUAS SUPER NOVIDADES!!

E aí??

Olha só quem conseguiu dar as caras..

Já é quase 1 da manhã e cá estou eu, prontinha pra contar mais uma novidade maravilhosa que está prestes a acontecer na minha vida..

Uma, NÃO! DUAS!!

Mas antes.. Gostaria de te convidar para me acompanhar na internet,, Sempre estou ligadinha, ou seja, mesmo se aqui não houver post novo, em algum lugar dessa rede estarei. 😀

Essas aqui são as minhas redes sociais..

FANPAGE

QG DAS BLOGUEIRAS

INSTAGRAM

TWITTER

TUMBLR e o meu SNAPCHAT é dannivictorino

caipira

Continuar lendo

4

MEUS PROJETOS – NOVIDADE!

Oi.
E aí, você está bem? Eu espero que sim.
(Fora essa gripe fortíssima que eu peguei :-/ )Estou ótima! Obrigada 😀
Gostaria de dizer que o desafio #CIEDA está incrível. Se você ainda não sabe o que é o CIEDA, por favor, leia o post anterior e me siga no INSTAGRAM.

Vim aqui pra dizer que já sei com qual editora (MARAVILHOSA!) publicarei meu livro.

Download-Eu-Mereco-Gossip-Girl-Vol.-4-ePUB-mobi-pdf

Continuar lendo

0

Dica para o fim de semana – ODISSEIA, HOMERO

Olá 😀

A dica de hoje é o livro Odisseia, que é atribuído ao poeta grego, Homero.

Eu recomendo a leitura deste livro a todos, pois com ele é possível aprender muito sobre a Grécia antiga, os costumes dos “aristoi” – homens de classe social superior – e de seus subordinados, é possível entender como era a vida dos gregos naquele tempo. Além disso, há a questão da hospitalidade, como é possível perceber nos grandes banquetes narrados na Odisseia. Os estrangeiros eram sempre muito bem recebidos naquele mundo hostil de guerra, com banquetes, presentes, histórias cantadas pelos aedos (cantores profissionais), enfim. Tudo para que se sentissem em casa. A hospitalidade era, quase, uma regra. E é, sem dúvida, algo que acho que nossa sociedade deveria aprender.

odisseia Continuar lendo